Título: Diário de uma Paixão
Autor: Nicholas Sparks
Ano: 2010
Número de Páginas: 256
Editora: Novo Conceito

Sinopse:A história começa no início de outubro de 1946 quando dois jovens, Noah Calhoun e Allison Nelson, se conhecem e se apaixonam perdidamente. Tudo parece perfeito, quando a família de Allie a impede de continuar a vê-lo devido a enorme diferença de classe social entre os jovens. Allie e Noah, lutam para levar uma vida normal, mesmo estando distantes. Até que um artigo de jornal muda tudo e reacende um amor há 14 anos adormecido.



Minha Opinião: Se você procurar no dicionário pelo nome de Nicholas Sparks tenho certeza que encontrará como sinônimo as palavras 'amor e drama'. Eu sempre digo que é impossível não se emocionar com os livros de Sparks e mais uma vez provo minha teoria ao ler as últimas páginas de Diário de uma Paixão.
Diferente de muita gente, eu não vi o filme ainda - morro de vontade, mas falta-me tempo -, e tenho certeza absoluta que vou chorar tanto ou mais quanto chorei lendo este livro belíssimo (E uma dica: eu soube que o final do livro é diferente do final do filme, então só lendo para conferir! Hehehe).
Como eu disse, chorar com as histórias de amor criadas por Sparks é fácil, principalmente por todas remeterem a um amor profundo e absoluto, difícil de encontrar nos dias de hoje. E, como para provar o que digo, em Diário de uma Paixão a história se passa em grande parte nas décadas passadas.
“Os românticos chamariam isto de uma história de amor, os cínicos diriam que é uma tragédia. Na minha cabeça é um pouquinho de ambas, e no fim das contas qualquer que seja a maneira como você escolha encarar este relato, nada altera o fato de que ele abrange uma grande parte da minha vida e do caminho que escolhi trilhar...”
A história é contada por Noah Calhoun, um idoso de aproximadamente 80 anos que vive em um asilo, e por sua sanidade desperta a curiosidade de médicos e enfermeiras sempre que passa grande parte do seu tempo lendo um diário para uma idosa que tem quase a mesma idade, todos os dias sem falta. A história no diário é sobre um casal que se conhece e se apaixona vivendo uma linda e profunda história de amor.
"Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou."
O ano é de 1946 e em uma noite de outono, Noah, então com 17 anos, conhece Allison Nelson, de 15 anos, durante uma festa em Nova Berna. Allie está passando as férias de verão com a família e conhece Noah, um rapaz de vida simples porém muito educado, e eles logo se apaixonam.
Allie e Noah vivem um amor intenso, mesmo que curto, mas são impedidos de ficarem juntos pela diferença de classe social entre eles. Allie é de uma família com posição social muito mais alta que Noah, e ela é convencida pelos pais a ir embora de Nova Berna após o verão, deixando a história que ela e Noah viveram para trás.
Noah não desiste e escreve várias cartas para Allie, mas durante os 14 anos que se passam após aquele verão, nenhuma carta foi respondida. Todas foram escondidas pela mãe de Allie, sem que ela soubesse da existência das mesmas.
"Eu amo você, Allie. Eu sou quem eu sou por sua causa. Você é toda a razão, toda a esperança e todos os sonhos que eu já tive na vida, e aconteça o que acontecer no futuro, cada dia que estamos juntos é o melhor dia da minha vida. Serei sempre seu."
Pensando que Noah a tinha esquecido, Allie decide seguir sua vida mesmo sendo praticamente impossível esquecê-lo. Mas quando se vê às vésperas de seu casamento com Lon, seu noivo, Allie descobre uma notícia no jornal que muda sua vida. A matéria mostra que Noah está restaurando um casarão que ele sempre sonhou em comprar e Allie decide que é hora de voltar à Nova Berna e buscar as respostas que precisava.
O reencontro dos dois é de fazer o coração bater mais forte. Noah continua completamente apaixonado por Allie, e ela por sua vez, não consegue resistir ao turbilhão de sentimentos que a invade quando o vê depois de tantos anos. O amor dos dois volta com tudo e Allie precisa decidir o que fazer com sua vida e seu futuro.
"Quando consegui vencer o nó que tinha se formado em sua garganta ele sussurrou: - Você é a resposta para todas as minhas orações. Você é uma canção, um sonho, um murmúrio, e não sei como consegui viver sem você durante tanto tempo. Eu amo você, Allie, mais do que você é capaz de imaginar. Sempre te amei e sempre vou te amar."
Como citei no início da resenha, o livro é contado por Noah, que está lendo seu diário com a história da sua vida. Ele lê para a idosa que está na cama, sofrendo de Alzheimer, e descobrimos que a senhora é ninguém menos que a própria Allie, que devido a doença, não se recorda mais de nada. Mas o amor de Noah por ela é tão forte que ultrapassa as barreiras da medicina e a história se torna mais tocante a cada capítulo. Ou seja, mais lencinhos de papel... rsrsrs
"Nenhum afogado pode saber qual a gota de água que fez a sua respiração parar..."
Escrita pelo campeão de vendas (e romancista como ninguém) Nicholas Sparks, Diário de uma Paixão é um prato cheio para quem gosta de um bom romance, daqueles que fazem as lágrimas caírem com facilidade e o coração palpitar com cada cena de amor. A história é linda demais, envolvente e incrivelmente real, e a única tristeza é que, quando você menos espera e anseia por mais, o livro acaba.
Recomendadíssimo!!

Curiosidades:
  • Diário de Uma Paixão foi o primeiro livro escrito pelo autor.
  • O livro já havia sido lançado no Brasil em 1997 como “O Caderno de Noah”, pela editora Objetiva.
  • Mesmo sendo o primeiro livro do autor, entrou para a lista dos mais vendidos na primeira semana de lançamento pelo The New York Times, onde permaneceu por mais de um ano.
  • Em 1995 , mesmo antes de ser publicado, o autor recebeu um adiantamento de R$1 milhão de sua editora. O livro foi publicado em 1996.

Trailer do filme(Título Original: The Notebook):


Algumas capas pelo mundo:

Níveis do vício: 

15 Comentários

  1. Eu não li o livro ainda, mas o filme é apaixonante, a coisa mais linda que já vi, gostei muito da resenha, e como sempre tenho quase certeza que o livro é bem mais legal que o filme.

    Amo Nicholas Sparks.
    Parabéns a resenha ficou lindona.

    ResponderExcluir
  2. Se eu disser que não consegui chorar com esse livro, você vai achar que eu tenho um coração de pedra? Hum... Espero que não.
    Pois é. Por mais linda que a história tenha sido, não me emocionei o suficiente para sentir lágrimas escorrendo por meu rosto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Quando leio o nome "Nicholas Sparks", tremo... com toda minha macheza.
    Ainda não li, mas pelo visto, depois dessa resenha, lerei em breve.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. AMOOOOO esse livro! É um dos meus preferidos do Nicholas Sparks! História super emocionante *.*
    Ótima resenha!

    beijos!

    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Eu apenas vi o filme e chorei muito, ainda não li o livro mais tenho curiodiade.

    Beijos
    Não deixe de visitar o Blog Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  6. Adorei a leitura desse livro, é realmente emocionante!
    Assisti o filme, agumas coisas mudaram, mas a adaptação ficou boa, só não gostei de terem mudado o final...

    Bjs
    Mari
    Psychobooks

    ResponderExcluir
  7. Estou com o ebook deste livro mas ainda não li. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Adoroo os livros do Nicholas Sparks... comprei esses dias Diário de uma paixão para participar da promoção comprou ganhou da Nova Conceito ;DD

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha!
    confesso que pensei que o livro não seria interessante, mas depois de ler sua resenha resolvi adicioná-lo a minha listinha... rs
    Adorei o blog!
    Passa depois lá pelo Sook...
    BjO

    ResponderExcluir
  10. Querooo ler logoo, já comprei... Adoro o Nicholas, mas temo sofrer :)

    Beijos,
    Lariane - www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir
  11. Você precisa me contar sobre o final em off kkkk
    Sério. Eu sou louca por ele e já quase o comprei. Quase, quase mesmo :/
    Eu queerooo
    beijoss

    ResponderExcluir
  12. Amooooooooooooooooooooo esse livro e o filmee amo o autor acho que o Nicholas Sparks tem algo que tipo que prende a gente na leitura

    ResponderExcluir
  13. Eu também não chorei lendo o livro, haha.

    ResponderExcluir
  14. Excepcional. O livro que eu não li, mas o filme é realmente maravilhoso, o casal Ryan Gosling e Rachel McAdams era bonita, uma história sensacional.

    ResponderExcluir