Título: Desejo à meia-noite
Autora: Lisa Kleypas
Ano: 2013
Número de Páginas: 272
Editora: Arqueiro






Sinopse: Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida.
Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina.
Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos.
Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera.
E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.
Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento.

Minha Opinião: Oi Povo, tudo bem?

Geralmente escrevo as resenhas assim que acabo de ler o livro, mas com esse livro foi diferente. Termine "Desejo à meia-noite"  a quase uma semana e mesmo assim não sabia o que escrever! Rsrs 
Não que o livro tenha sido ruim, muito pelo contrário, o livro foi tão surpreendente que fiquei com medo de não encontrar as palavras certas!rsrs
O livro não se resume apenas em um romance quente entre Amélia e Cam. O livro tem uma história muito bem escrita sobre os dramas vividos pela família Hathaways.
Amélia é a personagem principal deste livro, me lembrou a música: "Amélia não tinha menor vaidade. Amélia que era mulher de verdade." Rsrs
"Sem vaidade, Amelia sabia que, embora não fosse uma grande beldade, era atraente o bastante para ter conquistado um marido. Mas arriscara seu coração uma vez, com consequências desastrosas. Não tinha a menor vontade de tentar de novo. E só Deus sabia como ela já estava ocupada cuidando dos outros Hathaways." Pág: 13.
Amélia é uma mulher na frente do seu tempo, pois não se incomoda de ser taxada como “solteirona” pela sociedade. Ela ganha essa fama, pois não procura um marido e trata com prioridade sua família que é cheia de problemas. Com o decorrer do livro descobrimos que Amélia sofreu uma grande decepção amorosa e com isso ela não quer saber mais de amar ninguém. Mas, o maior problema é seu irmão mais velho Léo, ele deveria ser o responsável por sua família depois da morte do seus pais. E com isso Amélia se torna a responsável por suas irmãs (Win, Poppy e Beatrix) mais novas e pelo maluco do Léo. Pelo menos ela tem ajuda do Merripen, um cigano que foi criado com irmão deles. Win é uma grande companheira de Amélia, mas não pode ajudar muito, pois depois de uma doença ficou muito debilitada. Poppy, está entrando na fase adulta e tenta ajudar Amélia em tudo, principalmente cuidando da saúde frágil de Win. Beatrix é uma figura! rsrs Ela “perturba” todo mundo, mas adorei sua personalidade desafiadora. 
Léo, vive bêbado e some sempre, mas chega uma hora que ele fica tanto tempo fora de casa que Amélia com a ajuda de Merripen resolve ir a sua procura em uma casa de jogos, lá ela acaba conhecendo Cam Rohan. Logo de cara surgi uma atração intensa entre eles dois. Ambos, não querem assumir o que sentiram e dão graças a Deus por nunca mais precisarem se encontrar.
"Mas Cam Rohan não pedira seu consentimento nem lhe dera chance de protestar. Ela se enrijeceu e levou as mãos ao peito dele. Ele pareceu não notar sua objeção. Sua boca era suave e insistente. Passou um dos braços em volta dela, levantando-a ligeiramente enquanto a apertava contra seu corpo rígido." Pág: 30.
Amélia, resolve mudar com sua família para cidadezinha de Hampshire com a idéia de começar do zero. Amélia e Cam acabam se encontrando na cidade é muita coisa acontece, mas não vou contar! hahaha 
Não posso deixar de falar que o livro conta um pouco da cultura cigana, pois Merripen e Cam são ciganos. Particularmente não conhecia nada da cultura cigana e achei tudo muito interessante.
Super indico esse livro para quem gosta de romance inteligente e quente!! rs


Nível do vício:

20 Comentários

  1. Ja fiquei interessada só pela editora... Arqueiro tem ótimos títulos e excelente currículo. Ja vou procurar pelo livro. (primeiro no sebo) rsrsrsrs Economia e Cultura! Bjs no coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      Ahh também adoro um "sebo" pq sempre gasta uma fortuna em livro!! rs

      Excluir
  2. Adoro a edição dessa editora, fica de um jeito ótimo os livros.
    Esse livro confesso que não conhecia e me interessei bastante. Uma leitura simples, nada muito rebuscado.

    M&N | Desbrava(dores) de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      A arqueiro está arrasando na escolha nos romances de época. rsrs Espero conseguir ler todos! hahhaha

      Excluir
  3. Adorooooooooo romance, se é inteligente, de época, quente, melhor ainda! Não posso negar que se eu pudesse leria todos do mundo!!! E essa capa está lindíssima e a resenha me animou ainda mais, porque deixou vc sem saber o que escrever por uma semana! Isso já diz muito do livro e se além de tudo isso ainda é complexo... Tenho que ler! rs

    Beijos

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju,
      O romance de época é máximo!!! rsrsrs Simplesmente virei fã da família Hathaways :D
      Leia e depois me diz o que achou ok?

      Excluir
  4. Oi Iris!
    Estou morrendo de vontade de ler esse livro! Adoro romances históricos e esse parece ser ótimo.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora,
      Leia sim, o livro é mt bom :D

      Excluir
  5. Esse eu já li, e ADOREI, não sei se vc já leu o segundo, mas é bem melhor

    bjo
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pah,
      Ainda não li, mas estou mt curiosa :D

      Excluir
  6. Não sei muito bem se quero ler esse livro, não faz meu gênero. Mas, é tanta gente falando bem dele. Bela resenha!


    Lucas / Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é maravilhoso, me encantei com ele do começo ao fim

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. ótima resenha:) E essa capa!? linda demais. Esse azul predominante me encanta*-* kk
    beijo

    http://melanciapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ju!! A capa é espetáculo mesmo :D

      Excluir
  9. Oi Iris! Li o livro e curti bastante, embora o casal não tenha me convencido no quesito romance, mas a parte da cultura cigana é muito interessante. Já li o segundo da série, e schei melhor ainda.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida,
      ahh estou doida para ler o segundo!!

      Excluir
  10. Íris parabéns pela resenha ficou ótima. Sou suspeita para falar desse livro pq amei, na realidade já li os dois primeiros da serie e estou ansiosa para ler tudo sobre essa família =) além de tudo as capas aos lindonas!!!!

    Te espero lo Leituras, vida e paixões!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Ahh também amei família Hathaways :D Acabei o segundo livro não vejo a hr do terceiro ser lançado!! rs

      Excluir