Título: Outlander - A Viajante do Tempo
Autor: Diana Gabaldon
Ano: 2014
Número de Páginas: 800
Editora: Saída de Emergência Brasil

Sinopse: Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Resenha: Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de um livro que assusta pelo tamanho, ele tem 800 páginas é bem grandinho, né? Mais se engana quem acha que "Outlander - A Viajante do Tempo" por ser grande é cansativo. Li o livro numa empolgação que as páginas foram passando que nem senti. O que me conforta é que esse livro é só o primeiro de uma série de oitos livros. O segundo livro "Outlander - A libélula no Âmbar" já foi lançado pela Editora Saída de Emergência Brasil, não vejo a hora de ler. 
Como todos sabem sou apaixonadas por romances de época e foi por isso que solicitei o livro, mas ele é mais do que um romance de época, pois ele tem uma parte de fantasia enorme. 
O livro é narrado por Claire Randall, ela começa a contar sua tentativa de salvar seu casamento com Frank depois de anos afastados pela segunda guerra mundial, eles estão no ano de 1945 (Sim, essa data é super importante! Rsrs). Frank é um bom homem, mas vive obcecado tentando descobrir o passado de um antepassado seu chamado Jonathan Randall.
"A Paixão de Frank por genealogia era outra razão para termos escolhidos as Terras Altas. Segundo um dos encardidos pedaços de papel que ele carregava de um lado para o outro, um antepassado seu tivera alguma coisa a ver com os acontecimentos naquela região em meados do século XVIII. Ou seria século XVII?"
Com isso Claire vai levando a vida e tenta reacender a paixão que ligava os dois. Como passa muito tempo sozinha, devido as pesquisas de Frank, ela resolve conhecer a cidade. Num desses passeio ela conhece um antigo círculo de pedra, no mesmo momento se lembra que Frank adoraria conhecer um lugar como aquele e com isso resolve voltar com ele outro dia. Quando eles voltam juntos ao círculo, viram testemunhas de um ritual misterioso feito por bruxas locais. Ambos, voltam para casa empolgados com o que presenciaram, mas Claire não consegue tirar aquele lugar da cabeça. Alguns dias depois ela retorna ao local e uma pedra chama a sua atenção, ao encostar na pedra algo mágico a transporta para a Escócia de 200 anos atrás. É esse o momento em que a história toma vida própria e não conseguimos parar de ler.
" Não conseguiria dizer realmente se perdi a consciência, mas sem dúvida não tive noção de mim mesma durante algum tempo. "Acordei", se essa for a palavra, quando tropecei numa pedra perto da base do monte. "
Assim que chega nesse lugar misterioso, Claire cai no meio de uma briga entre o clã dos Mackenzie e o exercito britânico. Ela é levada pelo clã como prisioneira, mas sua experiência como enfermeira acaba os ajudando, pois vários homens foram feridos no confronto. E assim conhecemos Jaime, ele está com um grave ferimento e ela ajuda a cuidar dele.
Clarie acha que ficou maluca, mas não tem como negar que as evidências mostram que está em uma época muito distante da qual vivia. Depois de um tempo morando no castelo do clã Mackenzie, que apesar de acharem que ela é uma espiã inglesa a tratam muito bem. Ela procura a melhor maneira de ocupar seu tempo para esquecer a loucura que seu mundo virou.
No desenrolar do livro conhecemos como vivam os clãs naquela época e como as pessoas sobreviviam sem água encanada, luz, remédios e claro sem todo o conforto que a vida moderna nos trás. Claire, vive várias aventuras e todas elas são vividas e enfrentadas junto a Jaime, que acaba virando seu novo marido por falta de opção. Ou será que ela também se apaixonou por ele? Jaime é um homem que toda mulher sonha: lindo, carinho, atencioso e protetor.
"- Eu a aceito, Claire, como minha esposa... - Sua voz não tremia, mas sua mão sim. Segurei seus dedos com mais força. Nossos dedos rígidos apertavam-se como tábuas num torno de bancada. - ...amar, honrar e proteger...nos bons e nos maus momentos... - As palavras vinham de longe. "
O livro é muito dinâmico e cheio de aventuras e mudanças, poderia ficar horas escrevendo que não conseguiria descrever tudo. Ah não poderia esquecer de elogiar Clarie, ela é aquele tipo de heroína que temos orgulho, ela não fica apenas observando o mocinho.
Super indico o livro!
Nível do vício:

25 Comentários

  1. Parabéns pela resenha Iris! Estou ansiosa para ler A Viajante do Tempo! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio Vanessa! Bjs!

      Excluir
  2. Oi Iris! O meu Outlander está para chegar hoje (espero rs) e estou muito ansiosa para lê-lo. Claro, as 800 e tantas páginas assustam, bastante, mas se a história é envolvente a gente nem percebe. Assisti a série de TV e já me apaixonei pelos personagens, e acredito que nos livros tudo seja melhor, então a ansiedade está altíssima. Adorei a resenha.

    Beijos,
    Adri Brust
    http://stolenights.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adri,
      Ainda não assisti a série, mas é algo que farei logo!

      Excluir
  3. O que conforta você é o que me faz desistir de ler ele. Odeio series enormes assim, ainda mais se tiver que ficar esperando anos para lançarem os livros. Mas vou dar uma olhada na serie de tv e se me encantar talvez eu compre os livros.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil,
      Pelo menos esse livro tem um final que dá para esperar o próximo ser lançado! Rs

      Excluir
  4. Que bom saber que é um livro dinâmico! Estou criando coragem para pegar esse tijolo para ler!
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dessa,
      Para fugir do "tijolo" li ele no kindle! rs

      Excluir
  5. Oi Iris, li esse livro e adorei!!! Tem muitas páginas mas a narrativa não é cansativa :) Virei fã da autora .RSRSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liza,
      Também virei fã da autora!

      Excluir
  6. Oii,
    Adorei sua resenha, ainda não conhecia o livro.

    Indiquei você em uma tag, dá uma conferida lá no blog!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juh,
      Obrigada por indicar a tag. Vou responder assim que tiver um tempinho!

      Excluir
  7. Oi Iris!
    Adorei a resenha! Sou super fã da série Outlander, não vejo a hora do retorno <3
    Admito que o tamanho do livro me intimida um pouco (assim como Game of Thrones), mas ainda pretendo encará-lo!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priih,
      Encare sim, vale mt a pena!

      Excluir
  8. Muito bom! Parabéns pela resenha! De vez em quando vou dar uma passada aqui nesse excelente blog! Aproveito para divulgar o Curso para Melhorar a Velocidade de Leitura: http://blogdoebook.blogspot.com.br/2014/07/veja-e-entenda-o-metodo-acelere-3x-sua.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Newton,
      Obrigada pelo elogio e vou da uma olhadinha no curso!

      Excluir
  9. Oi Iris, parece ser um excelente livro! Ótima resenha!
    Abraços...

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Iris!

    A cada resenha que leio desse livro, me deixa ainda mais curiosa e ansiosa. Já pensei em começar a assistir a série pra ver se me dar logo coragem, mais vou protelando porque tenho tanta coisa antiga pra ler, chega até ser injusto. Mais tô quase deixando a peteca cai e comprar e começar logo a ler. Provavelmente não li ainda porque não tenho aqui em casa, mais do jeito que vai acho que não consigo resistir por tanto tempo.

    Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Ainda não vi nenhum episódio da série, mas curti mt o livro. Pare de resistir e comece logo a leitura! rs

      Excluir
  11. Oi
    Este livro é bem grossinho hein! Mas tenho que confessar que adoro livros com muitas páginas, eu penso que o autor tem muito a contar nesta estória. Este livro me interessou bastante, principalmente por ter um caráter histórico, também gosto muito dos romances históricos e de fantasia. parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jane,
      Também amo romances históricos por isso quis ler logo esse livro! rs

      Excluir
  12. Afinal, o Black Jack é gay ou não??? Fica claro isso no livro?

    ResponderExcluir
  13. Encantadíssima com o livro! *-* Os detalhes... Os sentimentos bem expressados... Muito bom mesmo!
    As indicações de leitura e as resenhas aqui do blog são as melhores!

    ResponderExcluir