Título: Uma História de Amor e Toc
Autor: Corey Ann Haydu
Ano: 2015
Número de Páginas: 320
Editora: Galera Record

Sinopse: Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de... garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais uma história de amor... e TOC.

Resenha: Oi Povo, tudo bem?
Hoje vamos falar de "Uma História de Amor e Toc", livro que me surpreendeu muito. Ele foi uma grata surpresa enviada pela Editora Galera Record como um kit mega fofo que vinha com um álcool em gel. Quando li o título do livro logo fiquei curiosa, mas não imaginava que fosse um livro tão profundo. Pensei que se trava de um história de amor que envolvia o assunto Toc, mas na verdade o livro é o oposto.

Bea conhece Beck na festa da escola Smith-Latin Boys quando as luzes se apagam devido ao um problema de energia, ela dá de cara com ele quando ele está tento um ataque de pânico, ela o ajuda a sair daquela situação e no meio daquele momento meio louco eles acabam se beijando. Sem saber como agira Beck acaba fugindo de Bea e a deixa sozinha. O que ele não tem ideia é que ela sabe muito bem como é estar naquela situação por que já passou diversas vezes por ela.
"Digo-lhe para se acalmar e respirar fundo, e estendo uma das mãos no escuro em busca de sua testa até que consigo tocar por inteiro." Pág: 07
Após esse encontro Bea acha que nunca mais vai dar a sorte de encontrar com Beck e continua a sua vida "normal". Logo acompanhamos a terapia de Bea com a Dra. Pat e lá descobrimos que ela sofre de transtorno obessesivo-complusivo. Ela não quer acreditar no diagnostico dado pela Dra. Pat, mas mesmo assim aceita a sugestão de fazer uma terapia em grupo para que ela possa entender e lidar melhor com seu problemas. Começamos a perceber que o diagnostico da Dra.Pat, está completamente correto por que Bea chega mais cedo nos dia de terapia para ouvir a consulta de um casal e anota toda a consulta no seu caderno. Esse casal se chama Austin e Sylvia, que não tem noção de que estão sendo observados e seguidos de perto por Bea.
"Começo a rabiscar o que consigo ouvir da conversa. Não tenho motivo real para isso, mas não consigo evitar. Talvez o mostre para Lisha esta noite, se nos encontramos no restaurante para comer panquecas. Também sou um pouco coletora de informações. É algo que venho fazendo há anos, uma parte da minha personalidade. Se não fosse ser figurinista, poderia totalmente virar jornalista." Pág: 15
Ao chegar na terapia de grupo ela é apresentada aos seus colegas: Jenny, Rudy, Fawn e Beck. Cada um apresenta um transtorno diferente, com o qual está aprendendo a conviver e controlar. O que choca Bea e que o garoto que ela beijou na festa é o mesmo Beck que está sentando a sua frente, até parece coisa do destino.

Como o decorrer da leitura acompanhamos a terapia em grupo e como cada personagem lida com a sua compulsão, tem horas que da vontade de chorar com eles. A cada capítulo observamos a compulsão de Bea pelo casal Austin e Sylvia só aumentar e ela tentando esconder isso do mundo. E ainda no meio disso tudo acompanhamos o início do relacionamento dela com Beck.
O livro não é um romance leve, muito pelo contrário mas, vale a pena ser lido, pois só assim temos noção de como a mente pode dominar nossas ações e emoções.

Nível do vício:

34 Comentários

  1. Adorei o título do livro... acho que leria esse livro só por causa dele...rsrsrs... TOC é um assunto complicado e pouco abordado na literatura... muito interessante!
    SUA ESTANTE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tati,
      É interessante e meio sinistro também! Rsrs

      Excluir
  2. Adorei o título do livro... acho que leria esse livro só por causa dele...rsrsrs... TOC é um assunto complicado e pouco abordado na literatura... muito interessante!
    SUA ESTANTE

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo joia?
    Eu amo grande parte dos livros da editora, ela sempre nos surpreende com obras maravilhosas. Eu ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas quero muito. Me deixou bem curiosa, parece ser ótimo *--*

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joice,
      A editora é ótima mesmo!

      Excluir
  4. pelo titulo imagino várias histórias,gostei demais
    beijosss
    unhas-e-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raíssa,
      Eu também tinha imaginado um monte de coisa! rs

      Excluir
  5. Parabéns pela resenha Íris! Estou ansiosa para ler Uma História de Amor e TOC! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Essa história é tão linda ! *------* Adorei sua resenha.
    To louco pra ler !

    Beijo
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu diria uma história sofrida! rs

      Excluir
  7. Esse é um livro bem diferente que com certeza me chama muito a atenção. Nunca li nenhum livro com esse tema e acho que lerei esse. Gostei bastante da capa dele e achei bem legal o kit que a editora enviou para vocês hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil,
      O kit é mt fofo e o livro completamente diferente do normal.

      Excluir
  8. Oi Iris!

    Quero muito ler esse livro, nunca li nada com esse tema e a blogosfera vem falando bem desse livro.
    Adorei sua resenha.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro este estilo literário, invariavelmente são leituras que me consomem e eu adoro isto, sua resenha me deixou a certeza de que preciso deste livro!

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ãh então vc vai amar esse livro!

      Excluir
  10. Eu adoro este estilo literário, invariavelmente são leituras que me consomem e eu adoro isto, sua resenha me deixou a certeza de que preciso deste livro!

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. È... para ver como a capa engana ás vezes! kkkkkk Tão fofinha e fala de um tema pesado. Parece ser um livro interessante. Gosto de romances intensos!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  12. Oi, Iris

    Ótima resenha! Eu já tinha lido uma resenha sobre ele há algumas semanas mas ela não me despertou o interesse. A sua, pelo contrário, o fez. Na outra resenha não foi dito nada sobre a terapia de grupo e sobre os transtornos de cada um...
    Vamos ver se eu leio um dia! :)

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires,
      A Terapia em grupo ocorre o livro inteiro, as vezes é até sinistro! rs

      Excluir
  13. Oi Iris!
    Tenho muita vontade de ler este livro, pensava que seria algo mais leve e fofo. Mesmo não sendo, parece ser um lindo romance. Ótima resenha!
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani,
      Quando comecei a leitura também pensei que seria algo leve, mas é bem diferente

      Excluir
  14. Oi Iris tudo bem? Eu logo que vi este livro fiquei encantada e curiosa sobre a história. Acho muito intrigante as pessoas que sogrem desse transtorno e gostaria de ver como a autora descreveu isso no livro!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joi,
      ahh vc vai gostar desse livro, ela descreve tudo com detalhes.

      Excluir
  15. Oi Iris!
    Não fazia ideia de que esse livro era tão intenso! Mas parece interessante, eu gostaria de ler para poder conhecer mais sobre TOC.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora,
      A capa desse livro engana completamente o leitor!

      Excluir
  16. Oi Iris.
    Ao contrário de você, eu não consegui conexão com esse livro, achei o enredo repetitivo e descritivo demais, e quando encontrei furos na história, abandonei sem dó.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty,
      Realmente tem hrs que é repetitivo, mas fiquei mt curiosa para saber o final.

      Excluir
  17. Este livro já é um amor na minha vida e eu nem cheguei a ler ele ainda!
    Desde que lançou eu estou super a fim de conhecer essa história, e por tudo o que você relatou, eu acredito ainda mais de que vou amar este livro. Acho o tema TOC muito interessante.

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Nina,
    Realmente o tema é mt diferente!

    ResponderExcluir
  19. Oi,

    O que achei mais interessante neste livro que ele tem um enfoque diferente... e me surpreende saber que não é um romance leve. Quero muito ler.

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Livy,
      O romance não é nada leve, a capa do livro super engana! rs

      Excluir