Título: O Voo da Libélula
Autor: Michel Bussi
Ano: 2015
Número de Páginas: 400
Editora: Arqueiro

Sinopse: Agraciado com 4 prêmios na França, entre os quais o Prix Maison de la Presse e o Prix du Roman Populaire, O voo da libélula teve seus direitos vendidos para 25 países e ganhará uma adaptação cinematográfica.

Na noite de 23 de dezembro de 1980, um avião cai na fronteira entre a França e a Suíça, deixando apenas uma sobrevivente: uma bebê de 3 meses. Porém, havia duas meninas no voo, e cria-se o embate entre duas famílias, uma rica e uma pobre, pelo reconhecimento da paternidade.

Em O voo da libélula, o leitor é guiado pela escrita do detetive enquanto acompanha a angustiada busca de uma garota por sua identidade.
Duas Bebês, Um Trágico Acidente de Avião, Só Uma Sobrevive. Qual Delas?

Resenha:
Esse Best-seller conta a história de Lylie. Com apenas três meses de idade, ela foi a única sobrevivente do grande acidente de avião do Mont Terrible, na fronteira entre a França e a Suíça, que matou 168 pessoas, incluindo seus pais. Essa deveria ser uma história quase feliz, afinal apesar de tudo ela sobreviveu, mas muito pelo contrário, destruiu a vida de várias pessoas.

No avião haviam duas bebês recém nascidas, Émilie Vitral e Lyse-Rose de Carville, em 1980, uma época em que não existia exame de DNA, como descobrir qual das meninas é o bebê milagroso?

Começou uma batalha judicial pela guarda da criança pelos avós. Indícios, como a roupa que a bebê usava, indicavam ser uma Vitral, porém indícios, como a irmã Malvina de 6 anos que reconheceu a bebê, somados a fortuna dos Carville faziam a balança pender para o lado deles. Contudo, Léonce de Carville não era um homem de esperar a justiça ser feita, e logo utilizou de estratégias nada boas para vencer, sendo justamente esse o seu fim.
O Juiz decidiu por dar a guarda da criança aos menos afortunados, a família Vitral.

Émilie Vitral sobrevivera e Lyse-Rose de Carville foi declarada morta.

É aí que entra o detetive Crédule Grand-Duc, Mathilde de Carville contrata o detetive particular para investigar o acidente e descobrir a verdade, independente de qual seja. Entretanto os anos de investigação só deixaram o detetive frustrado, cada pista diferente pendia para um ou outro lado, mas nada que confirmasse com certeza. Anos de becos sem saída.

23h57
Estava na hora.
Ele posicionou com delicadeza o L'Est Républician bem na sua frente, avançou a cadeira e empunhou com firmeza a coronha do revólver com a mão suada.
Ergueu o braço devagar.
O contato do metal frio contra a têmpora lhe causou um calafrio involuntário. Mas ele estava pronto. O álcool iria ajudá-lo.
...
23h59
Ainda não conseguia acreditar no que estava vendo. Suas mãos tremiam. Um forte calafrio o percorreu, da nuca à base das costas.
Tinha conseguido!
A solução estava ali, desde o princípio.

Mas antes que pudesse contar a descoberta ele é brutalmente assassinado, deixando seu caderno de registro da investigação para Émilie, que depois de ler entrega ao seu irmão Mark com a mensagem de que precisa fazer uma viagem sem volta e pede que ele não a procure.
Mark fica frustrado com o sumiço de Lylie. Mas para descobrir o que a deixou tão desnorteada ele precisa ler o caderno. Através de Mark lemos o diário de Grand-Duc, e podemos tirar nossas conclusões de todas as pistas de ele colheu. Durante a leitura do diário e viagem de Mark a casa dos Carville, ele e Malvina se encontram e isso pode não ser nada bom para o Mark, já que ela é completamente louca rsrsrs.

Enquanto Mark tem certeza de que Lylie não é sua irmã, Malvina tem uma convicção absoluta de que elas partilham o mesmo sangue, será que o bondoso e a psicótica tem razão?

O livro é cheio de reviravoltas e suspense, quis bater em cada um dos personagens em algum momento da leitura rsrsrs
O Vôo da libélula é um misto de suspense, ação, traição, assassinatos (sim usei o plural) e apesar de desvendar o mistério antes dos protagonistas/antagonistas o final ainda me surpreendeu.

Nível do vício:

6 Comentários

  1. Oii, Anne! Tudo bem? Adorei a resenha. Tenho vontade de ler esse livro e fiquei ainda mais instigado pelo suspense e assassinatos !!
    Bjos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :D
      Fico feliz em saber Markus.

      Bjs!

      Excluir
  2. Gosto de ser surpreendida por histórias assim, já vi algumas resenhas positivas e outras nem tanto, mas ainda assim tenho muita vontade de ler este livro, é bem meu tipo de leitura favoritos, drama com suspense.

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro um suspense Vanessa.
      Acredito que as resenhas negativas são sobre a parte do diário, aquele detetive é um pouco chatinho, mas no final faz sentido rsrsrs

      Bjs!

      Excluir
  3. Oi, Anne... Esse livro tem adaptação para o cinema? Acho que me lembro de algo assim.
    Adorei a sua resenha, acredita que eu não sabia do que se tratava? Acho que é bem o tipo de livro que eu iria adorar.
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Soraya,

      um filme muito conhecido é " O Mistério da Libélula". O voo da libélula deve ser adaptado, mas ainda não sei quando.

      Bjs!

      Excluir