Título: Serena
Autor: Ron Rash
Ano: 2008
Número de páginas: 320


Sinopse: Pemberton, um rico madeireiro, e sua esposa, Serena, são um casal ambicioso, determinado a derrubar todas as árvores das montanhas da Carolina do Norte para aumentar sua fortuna durante a Grande Depressão. Mas um projeto de parque nacional ameaça esses planos. Pemberton passa a subornar as pessoas mais influentes para manter sua propriedade em seu poder. Já Serena, sem escrúpulos, recorre a outros argumentos: a força, as armas e a crueldade. Para sustentar o grande império e conseguir o que ambicionam, os dois vão passar por cima de tudo. Até deles próprios.

Uma narrativa brilhante, que equilibra beleza e violência, paixão e ódio, impiedade e amor. Com roteiro do próprio autor e direção de Susanne Bier, Serena foi adaptado para o cinema em 2014 com Jennifer Lawrence e Bradley Cooper nos papéis principais.

Resenha: 
A história se passa durante a Grande Depressão dos Estados Unidos, e apresenta um cenário de tirar o fôlego, apesar de contar a história de um casal Serena e George Pemberton, também apresenta outros personagens dos quais o leitor se aproxima.
Pemberton é um rico madeireiro de Boston, que está explorando as lindas montanhas da Carolina do Norte - que não serão tão lindas quando ele terminar :(
Enquanto desmata tudo ao seu redor e ganha cada vez mais dinheiro, Pemberton tem um caso com Rachel Harmon, uma ajudante de cozinha do acampamento da madeireira, mas quando ele viaja a Boston, ela descobre que está grávida.
Quando Pemberton retornou às montanhas da Carolina do Norte, depois de três meses em Boston regularizando a situação das propriedades do pai, havia, entre aqueles que esperavam na plataforma da estação de trem, uma jovem grávida dele. Estava acompanhada do pai, que trazia sob o casaco largo e surrado uma faca de caça afiada com muito esmero naquela manhã, para cravar o mais fundo possível no coração de Pemberton.
Mas o pai de Rachel não teve sorte durante a luta, pois esse três meses mudaram Pemberton para sempre.
Então o senhor é um homem de sorte - observou Serena. - Não poderia encontrar homem melhor para fazer um filho nela. O tamanho da barriga comprova isso. - E, dirigindo o olhar e as palavras para a filha: - Mas este é o único filho dele que você vai ter. Agora estou aqui. Qualquer outro filho que ele tiver vai ser comigo.
...
Vamos resolver isso isso é agora - gritou Harmon.
Ele tem razão - disse Serena. - Pegue a faca e resolva isso agora, Pemberton.
Em Boston ele conheceu Serena, uma mulher diferente das outras daquela época, ela perdeu toda a família por causa de uma doença, a qual apenas ela sobreviveu. O pai dela também era madeireiro e ensinou a filha tudo o que sabia, tornando-a inteligente e ambiciosa. Ela chega a Carolina do Norte impressionando a todos com seus conhecimentos, suas habilidades para os negócios, entre outras coisas, juntos ela e Pemberton começam um império tenebroso, mas para isso precisam de sócios - mal sabem eles que entraram em um campo minado.

Um detalhe importante é que apesar do nome do livro ser Serena, ela não narra nenhum capítulo, o livro apresenta diferentes visões, mas principalmente de Pemberton e Rachel, permitindo que o leitor saiba dos atos cruéis de Serena, sem contudo saber o que se passa em sua cabeça.

Após ver o filho, Jacob, Pemberton compra uma fotografia dele, algo que mostra como o filho se parece com ele. Será que Serena aprovaria esse afeto?

A algo ameaça os planos do casal, pois suas terras estão prestes a serem desapropriadas para a criação de um imenso Parque Nacional, mas ninguém fica no caminho desses dois e eles compram inúmeras pessoas na cidade para conseguir desmatar todas as terras antes que isso aconteça, e é claro cobrir seus inúmeros assassinatos pelo caminho. Contudo, o Xerife McDowell é um homem de caráter e não pode ser comprado, esse incrível senhor pouco consegue fazer para impedi-los, mas quando a vida de uma criança inocente é ameaçada, o querido Xerife se torna um grande obstáculo no caminho de Serena.

Quando Serena perde o filho e descobre que não pode mais engravidar, ela decide que é hora de “sumir” com Rachel e Jacob. O que Pemberton fará quando descobrir?

Serena tem um enredo que é cheio de paixão, ação, suspense, assassinatos, ciúme, e alguns dizem amor. Mas, infelizmente não me empolgou. O amor do casal não me comoveu, os assassinatos são tratados de maneira tão implacável quanto sua mandante, o que me impediu até de sentir pena. O que valeu a pena foram os momentos de Rachel, que por menores que fossem me deixavam animada, e alguns outros personagens, como o Xerife e a viúva.

O Livro serviu de inspiração para o filme homônimo, que foi estrelado por Jennifer Lawrence e Bradley Cooper, que por serem atores incríveis, talvez tenha estimulado mais a minha curiosidade do que o livro em si.


Nível do vício:

9 Comentários

  1. Oi, Anne. Que pena que o livro não te empolgou tanto, porque a premissa é ótima.
    Eu gostaria de ler para tirar a prova rsrsrs
    E olha, realmente Bradley Cooper transforma tudo em "ouro" kkk

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, tudo que ele faz é ótimo rsrs
      Leia sim, quem sabe vc gosta :D

      Bjs!

      Excluir
  2. Oie, Anne! Quero muito ler, mas só conhecia a sinopse e essa é a primeira resenha que estou lendo dele, tem uma premissa interessante, mas é uma pena que não tenha te cativado.

    Bjus
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Anna, mas pode ser que você goste.
      Gosto é de cada um.

      Bjs!

      Excluir
  3. Oi Anne, puxa pensei que só existia o filme! Agora vou correndo consegui meu exemplar! Parece ótimo! Com certeza vou dar uma oportunidade!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que vc goste, mas já aviso que o final do filme é bem diferente.
      Gostei mais do final do livro rsrsrs

      Bjs!

      Excluir
  4. Onde Anne não conhecia o livro e não vi o filme, mas achei interessante o enredo. Vou deixar a dica anotada.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. É uma história bastante aceitável. Estou muito satisfeito com o par formando Lawrence e Bradley Cooper, mas devo confessar que eu próprio um fã de Cooper considerar e eu não perca nenhum de seus filmes, embora eles são muito mal feitas. Pela maneira, recentemente eu vi americana Sniper, uma proposta que eu recomendo muito para ver.

    ResponderExcluir